segunda-feira, 6 de julho de 2009

Comportamento Chinês – Beijos e Tapas

Quando se chega na China é comum ficar um pouco assustado com a interação muitas vezes “violenta” entre casais. Explico..

Eu lembro muito bem da época em que tinha meus 13 anos, já tínhamos passado da fase em que os meninos realmente tinham raiva das meninas, e para nós, a maneira mais fácil e segura de interagir com a pessoa pela qual você estava apaixonado era incomodando-a o máximo que conseguisse. Afinal de contas, assim você chamava a atenção da pessoa, podia encostar nela (nem que fosse para empurrar) e o melhor de tudo: não corria o risco de ser motivo de risada entre os amigos e nem a chance da outra pessoa te rejeitar (afinal de contas, você “ definitivamente não gostava” dela). Depois dessa fase vieram os tapinhas, aquele tapinha bobo que vem acompanhado de um sorriso, de um empurrãozinho com o ombro fazendo charme, mas aí já estava tudo bem claro.

Aqui na China é igual, só que vale para todas as idades. Não é raro ver as lutinhas no metrô, nas ruas, nos Shoppings e muitas vezes até você que está do lado acaba apanhando. Na nossa coleção de pérolas: em uma viagem tinha um casal de 30 anos, ela começou a incomodar seu namorado, ele deu-lhe alguns tapas, ela riu, pegou a garrafa de água vazia dele e começou a bater de volta, minutos depois ele estava segurando a cabeça dela e batendo-a contra a janelinha do avião. Tudo isso vinha companhado de muitas risadinhas, e quando alguém se machuca de verdade (e acontece muito) melhor ainda! Sabe o porquê? Porque aí está uma das únicas chances de um contato físico mais carinhoso público.
Depois de ficar surpresa com a maneira que os casais se tratavam aqui na China, o tempo passa e tudo começa a fazer sentido. Existem vários motivos para esse comportamento. Primeiramente, aqui é muito diferente do Brasil, namoro é coisa seríssima e só serve se for aprovado pelos pais, então enquanto nossos jovens “ ficam” aqui eles passam muito tempo flertando dessa maneira.
Outra coisa é que não existem casais se beijando nas ruas. O contato físico entre pessoas do sexo oposto não é visto com naturalidade ou bons olhos por aqui, mãos dadas no máximo. Amigas andam abraçadas, se beijam no rosto, amigos sentam no colo do outro, se recostam no ombro um do outro, se abraçam e é muito comum ver dois homens andando pendurados um no outro pelas ruas, isso aqui é sinal de uma amizade forte. A carência de contato físico natural dos jovens é suprida pelos amigos do mesmo sexo.

E por último, enquanto nossas adolescentes se transformam em mulher muito cedo, aqui a mulher busca ser eternamente jovem. Isso faz com que mulheres se comportem como meninas, essa ingenuidade para a interação com o sexo oposto é mantida a todo custo e é vista como um ponto positivo na pretendente pelos homens. Outra coisa que é bastante comum aqui é ver casais discutindo, a menina cruzar os braços e fazer bico, que nem criança em supermercado, ou fazer carinha de boneca ao pedir presente para o namorado.

Na dúvida fui confirmar com meu professor de Mandarim, 28 anos, solteiro ainda. Eu comentei a minha descoberta e ele deu risada contando que era apaixonado por uma menina e que sempre falava para ela que ela era “ burra e feia”. E eu perguntei se ela ficava braba, ele disse que ela “ fazia um bico fofinho”.

Texto extraido do Blog
O MELHOR DA CHINA.

2 comentários:

  1. PASSEATA VIRTUAL #FORASARNEY
    Quarta-feira, dia 15, das 15h às 16h horas.

    Local: Na internet.

    Ponto de partida: Seu computador, telefone celular, PDA, qualquer aparelho que possa enviar uma mensagem de e-mail, SMS, Twitter, etc

    Ponto de chegada: Congresso Nacional

    Sarney: sarney@senador.gov.br

    Senadores: e-mails aqui ou aqui para enviar a todos os senadores

    Como vai funcionar: Na quarta-feira no intervalo das 15h às 16h horas, você que tem um blog, site, Twitter, celular, etc, deverá estampar um “banner” ou selo com a mensagem “#forasarney” e enviar o máximo de mensagens ao Senado.

    Clique e envie e-mail aos senadores!
    As informações fora repassadas para este Blog pela atuante Gusta do Reaja Brasil.
    Valeu, Gusta
    ----------------------
    Maiores informações,
    aqui. Blog #forasarney .

    ResponderExcluir
  2. Aproveitando a idéia da Passeata Virtual “Fora Sarney”, faço aqui a sugestão de que no dia 7 de Setembro de 2009, façamos outra passeata virtual, nos organizando desde já.

    Esta passeata, como a Fora Sarney, começaria no seu computador e terminaria em vários pontos:

    Na presidência da República, No Congresso Nacional, No Supremo Tribunal Federal, na Procuradoria Geral da União, na Assembléia Legislativa de seu estado, no Palácio do Governo do seu estado, na Câmara de Vereadores de sua cidade e na Prefeitura de sua cidade.

    A idéia é enviar o maior número possível de emails de protesto contra a situação atual, da falta de ética, de moral, de honestidade de nossos governantes e parlamentares.

    Denunciaremos o governo federal por agir a margem da lei com a campanha eleitoral antecipada, o que é ilegal, e exigindo, como cidadãos, que fossem tomadas as devidas providências.

    Os e mails seriam mandados para os seguintes enderêços:


    Senado Federal: Alô Senado http://www.senado.gov.br/sf/senado/centralderelacionamento/sepop/?page=alo_sugestoes&area=alosenado
    Câmara Federal: Fale com o deputado: http://www2.camara.gov.br/canalinteracao/faledeputado
    Supremo Tribunal Federal – Central do Cidadão - http://www.stf.jus.br/portal/centralCidadao/enviarDadoPessoal.asp
    Procuradoria Geral da União - pfdc@pgr.mpf.gov.br
    Presidência da República – Fale com o Presidente - https://sistema.planalto.gov.br/falepr2/index.php

    Gostaria de ter a opinião dos leitores com relação a idéia.

    ResponderExcluir